GUIA: Orçamento de Casamento Simples e Barato

Depois da alegria de marcar uma data para o casamento, vem a preocupação: e os gastos?! Para não se desesperar – e nem se endividar! – elaborar um orçamento de casamento e seguir a risca o que for planejado é a melhor opção.

Claro que imprevistos vão acontecer no meio do caminho, mas os noivos podem se antever a isso e estarem preparados para não gastar mais do que realmente colocaram no orçamento de casamento.

orçamento

A internet pode ser uma grande parceira para ajudar a calcular. Há diversos sites que mostram orçamentos, planilhas, simulam os preços e gastos com cada item.

Outra opção é contratar uma assessoria de casamento que vai trabalhar de maneira bem prática para o orçamento do seu casamento, consultando diversos fornecedores, negociando e oferecendo um trabalho profissional nesta área.

quanto custa casar

Antigamente não havia este leque de possibilidades, o pai da noiva tinha que arcar com quase tudo! Era obrigação dele fazer a festa. Hoje em dia o próprio casal é quem banca seu casamento, se a família puder ajudar, melhor!

Por isso mesmo é bom que os noivos planejem bem e façam um criterioso orçamento de casamento, afinal, o ideal é começar a vida de casados com poucas dívidas!

como calcular

Como calcular o orçamento de casamento

Primeiro passo é planejar quanto poderão gastar. Quanto antes vocês puderem começar a poupar dinheiro e contratar serviços para o grande dia, melhor! Depois convêm a pensar nos detalhes: festa de noivado, quantos convidados no casamento, como serão os convites, salão, igreja, cartório civil, vestidos, sapatos, decoração, lembrancinhas, fotógrafo, filmagem, som, buffet, doces, bolo, carro para levar a noiva, etc, etc, etc…

checklist completo

Anote absolutamente tudo que imaginar que pode fazer no seu casamento. Depois procure ao menos três opções de prestadores de serviço: um bem barato, outro mediano e um bem top da área. Com estes três orçamentos em mãos, você vai poder definir o que realmente vai poder fazer e quanto vai poder gastar.

decoração barata

Não se esqueça de pegar referências e tentar negociar os pagamentos sempre à vista e pedindo grandes descontos. Se for parcelar, lembre-se de colocar na ponta do lápis quanto será cada prestação para não ficar um montante enorme de dívidas. Se juntando todos os valores que forem divididos para pagar nos próximos meses der um valor muito alto, analise a possibilidade de cada mês ir contratando um serviço e pagar em uma única vez, as chances de conseguir desconto são maiores.

mais em conta

Ah, também é essencial fazer um bom contrato para que ninguém dê furo com você no dia! Não adianta escolher o melhor preço para o bolo, por exemplo, e chegar no dia o fornecedor não entregar!

na garrafa reciclada

Tente negociar também um bom desconto pagando 50% antes do evento e 50% depois, é uma garantia a mais de que ninguém vai deixar falha. Se o fornecedor topar, esta é a melhor forma de negociar caso tenham o dinheiro. Basta deixar a metade na poupança – que ainda pode render um pouquinho – e esperar a hora de quitar a dívida.

O que colocar?

Para que você tenha uma noção do que deve orçar, os principais itens que devem estar no seu orçamento de casamento são:

o que colocar

Com certeza é no buffet que você vai investir mais dinheiro. Especialistas apontam que, de tudo que é gasto com o casamento, 30% fica para o buffet e 15% para a decoração. 10% vai para roupa, maquiagem e cabelo, mais 10% para foto e filmagem, 8% aluguel do local e 8% para som. O restante vai se dividir entre as taxas das cerimônias religiosa e festiva, aluguel de carro, bolo e doces, convites e lembrancinhas.

lista completa e básica

Então, uma boa dia é já orçar o buffet, item mais caro de todos, e imaginar quanto sobra para fazer o restante. Também é legal avaliar o que vão investir mais: convites mais chiques ou lembrancinhas mais elaboradas? Som mecânico com DJ ou ao vivo? Lugar elegante ou salão mais simples?

orçamento da cerimônia

Com tudo anotado, faça os orçamentos. Também é importante montar um cronograma para o casamento definindo os prazos de quando cada item deve estar definido, acertado e contratado.

Agora cabe a você acrescentar no orçamento de casamento o que mais deseja no seu grande dia.

Dicas de como economizar

  • quanto mais elegante e tradicional o casamento for, mais caro também ficará! Seja criativa e aposte em ideias diferentes que farão a sua diversão, dos convidados e do seu bolso!
  • feche orçamentos bem detalhados. Isso impede que “surpresas” aconteçam, como fornecedores que falam que tal item não estava incluso naquele orçamento, e a conta fica mais cara…
  • prepare-se para surpresas! Elas vão acontecer! Deixe um dinheiro de reserva para estas emergências
  •  alugue o vestido ao invés de comprar. Se você imagina um vestido que é o dos sonhos, procure fazer um primeiro aluguel: será feito como o seu gosto e fica bem mais barato que mandar fazer uma e comprar
  • prefira flores da estação para a decoração e para o buquê. Fica bem mais em conta!
  • alugue ao invés de comprar. É um dinheiro melhor investido
  • pense em uma festa mais rápida. Ao invés de seis horas, que tal só quatro?
  • faça uma lista de convidados bem enxuta, priorizando os que realmente devem comemorar a data com vocês. Não precisa convidar todo mundo do trabalho, o porteiro do prédio, todos os amigos de infância e adolescência

decoração da igreja

Mesmo buscando economizar, não recomendamos trocar serviços de profissionais por amadores. Um primo que topa ser DJ, um amigo que quer ser fotógrafo, uma tia que faz um bolo delicioso… eles não tem experiência suficiente para garantir que tudo sairá da melhor maneira.

orçamento da festa

Se não quiser ser indelicada e recusar a gentileza, tente mesclar: o primo começa a festa e depois entra a banda, o álbum com o fotógrafo terá um tratamento e edição mais simples e também serão reveladas as fotos do amigo, além do bolo da tia, vão ter sobremesas incríveis! Você não fica sendo a noiva chata que não quer ajuda de ninguém e também não vai ficar com um trabalho ruim. Estas medidas não criam só uma “política da boa vizinhança”, podem até mesmo te ajudar a enxugar o orçamento de casamento e não perder a qualidade!

Tem dúvidas? Deixe abaixo!

Este artigo te ajudou? Esperamos que sim! Compartilhe isso para o mundo: Obrigada! 😘

Comente! Pergunte! Relate! Sugira!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pin It on Pinterest