30 Modelos de Vestido de Noiva Justo para Casar (Fotos de Looks)


Antes de começar a sobre vestidos de fato, precisamos ter em mente que quando o assunto é casamento, as emoções se expõem, o amor é infinito, a gratidão é imensa, são muitas alegrias compartilhadas, uma mistura de sentimentos que acalmam a alma e dão borboletas no estômago.

Tudo se torna mágico, um momento único e por isso, deve ser do jeito que a noiva e o noivo sempre sonharam e desejaram. O casamento tem que transparecer a personalidade dos dois, seus gostos, a relação que um tem com o outro. O amor em detalhes.

Organizar um casamento, passando por cerimônia e festa envolve diversos fatores e itens que não podem ser deixados de lado ou para última hora. Um desses itens é o vestido da noiva.

Ele que é responsável por deixar a noiva mais linda, por simbolizar também a magia do casamento. Hoje, existem milhares de opções de modelos, estilos, caimentos, comprimentos, cortes, tecidos, adornos e tudo o que envolve o mundo de corte e costura para noivas.

Dentre todas essas opções, o ideal é focar na personalidade e o que a noiva gosta. Além disso, o estilo do casamento deve estar presente no vestido. Não há restrições quando o casamento é seu, justamente pelo fato de que o seu vestido, do seu casamento, deve trazer algo para você, deve ser relacionado com você e tudo o que sempre gostou.

Muito antigamente, havia o costume de se fazer vestidos de casamento enormes, super rodados, com mil saiotes e camadas, seguindo muito bem o estilo princesa.

Por sorte, hoje isso não é mais dessa forma, se você é uma noiva que ama costas de fora, pode sim fazer um decotão, se você prefere os vestidos mais curtos, também está liberando e se não suporta usar os estilo princesa e prefere um modelo mais ajustado ao corpo, você pode sim optar por um modelo justo!

Veja algumas dicas de modelos e tecidos que são mais indicados quando o vestido é justinho.

Tecidos

Independente do tecido que for escolhido, para os vestidos mais justos, o ideal é que ele seja mais encorpado e que tenha a capacidade de modelar o corpo da noiva, ficando bem ajustado. O importante é que ele se molde, para que não fique folgado em nenhuma parte do corpo. Na maioria dos modelos de vestidos justos, o vestido é justo por todo o corpo e fica mais solto no final das pernas até o pé, por isso, além de encorpado e estruturado, o tecido deve ter um bom caimento.

  • Zibeline: tecido mais fino, mas bem estruturado e firme. Ele é ideal para os vestidos de noiva, pela modelagem que dá, no corpo, o modelo do vestido nesse tecido fica bem estruturado.
  • Cetim: tecido que sempre estará entre os queridinhos das noivas, não sai de moda, possui um bom caimento , pois é feito com uma seda mais encorpada. Ele modela bem o corpo e é macio ao toque.
  • Crepe: esse é um tecido mais encorpado, que pode ser feito por: lã, seda natural, cetim e até mesmo poliéster. Possui um caimento mais elegante e refinado, o que faz com que ele seja um dos tecidos preferidos pelas noivas.
  • Seda natural: é a seda na sua constituição mais pura. A seda é um tipo de tecido refinado, que possui bom caimento e por isso, também sempre está entre as principais escolhas das noivas.
  • Tafetá: um dos tecidos mais usados pelas noivas, ele é fino e acetinado, o que dá um brilho suave para o vestido. Além disso, o tafetá tem um caimento uniforme e que dá maior resistência ao modelo.

Modelos

  • Estilo Sereia: esse é um dos principais modelos quando se pensa em vestidos justos, o vestido sereia consiste em ser bem justo na parte de cima, do busto e cintura, seguindo assim até os joelhos e então, a cauda vai abrindo. Algumas mulheres preferem ir diminuindo a parte justa aos poucos, fazendo um degradê: busto e cintura bem justos, quadris e coxa um pouco menos e a cauda abre no joelho.
  • Estilo Sereia com a cintura bem marcada: esse vestido segue a mesma estrutura do modelo acima, a diferença é que ele ganha mais um atributo para passar impressão de justo, que é marcar a cintura com um tecido diferente do restante ou mesmo um cinto.
  • Justo com saia rodada: esse é um modelo para as noivas que gostam de uma saia mais rodada e maior, o vestido é todo bem ajustado ao corpo, mas ao chegar na parte abaixo do joelho, abre um mini saiote, com a saia muitas vezes em camadas.
  • Justo com cauda longa: esse modelo segue a mesma ideia do modelo acima, com a diferença de que ao invés de abrir uma saia, na altura da panturrilha, começa a abrir uma cauda que se abre ao redor da noiva e possui o diâmetro que a noiva preferir.


Os vestidos mais justos merecem certos cuidados:

Cuidado mandatório: você deve antes de mais nada, ter a certeza de que seu vestido será confortável, você terá que andar, dançar, sentar, comer, beber, abraçar as pessoas e nada disso é feito de forma 100% confortável se o seu vestido estiver te incomodando.

  1. teste do senta: você precisa conseguir sentar confortavelmente com o seu vestido, por isso, ao experimentar e antes de definir o modelo, você precisa fazer um teste sentando com o seu vestido.
  2. teste de dançar: principalmente se você for o tipo de noiva que ama dançar, super animada, esse teste deve ser feito, você precisa poder abrir as pernas sem que acidentes aconteçam, deve testar pular, rebolar, sambar e rodopiar, para que na hora, nenhuma linha rasgue, nenhuma pérola / pedra voe e por ai vai.
  3. teste de respirar: já foi o tempo em que era obrigatório usar corpetes ou espartilhos por baixo do vestido, isso muitas vezes sufocava as noivas, principalmente após começar a beber e comer.

Portanto, ao escolher o vestido, passe um tempo com ele, ande, faça movimentos e veja se consegue ficar bem com ele, muitos vestidos apertados após um tempo incomodam a noiva. E claro, isso é o que nenhuma quer!

Você ficará linda se estiver se sentindo bem e a sua cara! Não hesite em ousar, afinal, você merece arrasar no dia do seu casamento!

Comente! Pergunte! Relate! Sugira!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Compartilhe!

Seus amigos vão adorar! :)