Tutorial: Como Fazer Convites de Casamento Passo a Passo

Confira dicas de como fazer convites de casamento

Os convites de casamento são responsáveis por avisar familiares, amigos e conhecidos de uma das datas mais importantes para o casal e também precisa ser tão bonito quanto a celebração em si. Por isso, fazer o convite de casamento certo garante que a celebração ganhe um toque especial antes mesmo de acontecer e para isso é preciso saber o que definir e a quem recorrer. Quer um convite perfeito? Então aprenda como fazer convites de casamento.

dicas inspiradoras

Comece definindo as cores

Para fazer convites de casamento você precisa começar definindo quais serão as cores presentes no item. As cores incluem as cores do papel, das letras, dos elementos e até mesmo do envelope, caso aplicável.

O ideal é que as cores tenham a ver com o casamento em geral, ou seja, deve seguir a ideia que você pretende dar à celebração. Se vai ter festa, então o ideal é que o convite tenha as mesmas cores que serão usadas na decoração para criar uma unidade visual para toda a celebração.

como fazer dicas de como faz

Determine um modelo

Nem todo convite de casamento precisa de uma folha dobrada com as informações dentro. Dependendo do seu tipo de festa você poderá fazer convites em formatos especiais, diferenciados e divertidos e essa definição deve acontecer logo nos primeiros estágios. Caso você queira algo muito diferente, inclusive, essa definição acontece juntamente da definição das cores.

Ao definir o modelo você já terá uma boa ideia de como o convite vai ser e como ele deve ser entregue. Além disso, modelos diferentes também pedem profissionais específicos para a sua confecção – tenha isso em mente!

as melhores dicas as melhores sugestões

Escolha quais materiais usar

Também é importante definir corretamente qual material será utilizado no convite de modo a conseguir o melhor resultado possível. Essa escolha, inclusive, depende bastante do modelo escolhido. Se você quer um convite estruturado é preciso utilizar um papel com gramatura maior. Já se você quiser dar um toque natural ao casamento, o convite pode acompanhar essa sensação utilizando papel reciclado.

O material a ser escolhido, entretanto, não é apenas o do convite em si, mas também de todos os “acessórios” em geral: fitas, botões e quaisquer outros detalhes também precisam ser pensados com carinho e cuidado para que o resultado final seja de agrado dos noivos.

definindo as cores o que é tipografia

Escolha a tipografia

Escolher a tipografia também é importante e isso significa escolher qual será a fonte – ou quais serão as fontes – que estará presente no convite. Convites mais tradicionais pedem fontes amplamente cursivas, desenhadas e elaboradas. Já se você quiser algo mais simples, fontes de traços mais retos e secos funcionam muito bem e dão um toque de modernidade que na verdade é muito bem-vindo nos casamentos de hoje.

A tipografia também deve ser escolhida para saber se será em relevo ou não e quais cores serão utilizadas. A disposição das letras é outro fator que precisa ser pensado com cuidado de modo que o convite fique o mais bonito, harmonioso e completo possível.

redija o texto mais sofisticado

Redija o texto com atenção

Saber como fazer convites de casamento não é apenas se preocupar com a estética, mas também com o conteúdo. Por isso, a redação do texto do convite deve ser impecável e, principalmente, muito informativa.

O comum é que o convite venha com os nomes dos pais dos noivos – e dos noivos, é claro – convidando para a celebração do casamento, além de contar com informações como o endereço onde será realizada a cerimônia e também o horário. Outro item que deve estar contido na redação do convite é onde está a lista de casamento de modo que os convidados possam presentear os noivos sem terem que ficar perguntando onde está a lista.

Uma coisa muito importante no convite, entretanto, é a especificação de que ele se estende apenas e tão somente à cerimônia se for o caso. Deixar o convite em aberto faz com que algumas pessoas que você não tenha convidado para a festa acabem se sentindo deixadas de lada ou mesmo que se dirijam para a festa sem que tenham sido convidadas. Por isso, dê uma ênfase maior à palavra “Cerimônia” no convite, como com um destaque, para deixar claro que o convite é estendido apenas a essa celebração.

Para quem for convidado para a festa, por outro lado, faça convites especiais e personalizados, como pulseiras ou tíquetes de entrada para que possam identificar que foram convidados para a festa. Essa preocupação só não é necessária no caso de você convidar todas as pessoas da celebração para a sua festa – ou no caso de não ter festa.

passo a passo

Contrate um profissional

Contratar um profissional é muito importante porque é o profissional que sabe exatamente como fazer convites de casamento, tecnicamente falando. Por isso, procure abrir mão dessa ideia de que você pode fazer o convite por conta própria – a menos, é claro, que você tenha completa noção de design gráfico e criação de convites.

Se a grana estiver curta, isso não é motivo para não procurar um profissional. Nesses casos, diminua um pouco as exigências sobre o convite, levando-o para um padrão mais simples. Se for o caso, você pode fazer exemplares mais elaborados apenas para as pessoas mais próximas e importantes.

Contar com um profissional, entretanto, garantirá que você não fique frustrada ou insatisfeita com o resultado já que você terá a maior qualidade possível dentro do seu orçamento.

Faça testes e confira

Antes de mandar imprimir dezenas ou centenas de convites, tome o cuidado de fazer testes e imprimir um ou dois convites depois do projeto pronto. Com esse convite modelo você vai poder ter a certeza de que o modelo é o que você deseja e que nenhuma alteração precisa ser feita.

modelo vermelho

A sua aprovação é importante e, portanto, faça uma revisão completa para ter a certeza de que não há nenhum erro gramatical, discrepância de cores ou coisa parecida. A partir daí, é só mandar fazer os convites e depois distribuir. Sem essa etapa, você corre o risco de imprimir 300 convites com seu nome errado e aí só terá duas opções: gastar duas vezes o mesmo valor ou então distribuir o convite errado.

diferentes tipos

Como fazer convites de casamento é mais simples do que parece e exige uma definição de cores, modelo e materiais a serem usados para garantir consonância com a celebração. O mais importante, entretanto, é contratar um profissional para ter a certeza de que o resultado vai ser como você espera.

O que você achou do tutorial passo a passo? Deixe um comentário!

Este artigo te ajudou? Esperamos que sim! Compartilhe isso para o mundo: Obrigada! 😘

Comente! Pergunte! Relate! Sugira!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *